Notícia

ANS quer estimular participação do paciente, promovendo melhoria do cuidado em saúde

Postado em 12/04/2017

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) quer estimular uma maior participação do paciente nas decisões relacionadas à saúde, contribuindo, assim, para qualificar o cuidado e tornar o usuário mais consciente sobre suas necessidades.

A iniciativa é inspirada em ações desenvolvidas em outros países e busca falar diretamente com o paciente, fornecendo informações relevantes e orientando sobre questões relacionadas ao cuidado e tecnologias utilizadas no diagnóstico e tratamento de doenças. O projeto conta com a parceria de 17 instituições, incluindo entidades médicas, acadêmicas e de apoio ao paciente. O grupo, coordenado pela ANS, propõe um conjunto de informações que está sendo disponibilizado no portal da Agência com o intuito de melhorar o entendimento do paciente sobre sua situação de saúde e sobre o seu papel no tratamento. O primeiro tema a ser abordado é a comunicação com o responsável pelo cuidado. Para isso, são dadas dicas sobre como o paciente deve se preparar para uma consulta. Essa interlocução é componente fundamental da atenção em saúde e, quando bem feita, além de aumentar o bem-estar e a confiança do paciente, pode potencializar os resultados positivos do tratamento.

“O projeto Sua Saúde é uma iniciativa que estimula uma participação mais proativa do paciente em relação à tomada de decisão em saúde, focando na informação de qualidade compartilhada com os outros responsáveis pelo cuidado”, explica Daniele Pinto da Silveira, especialista em regulação e assessora técnica da Diretoria de Desenvolvimento Setorial da ANS. “Com esse projeto, queremos oferecer ferramentas ao paciente para que ele de fato participe das decisões que lhe afeta, questione e saiba que podem existir alternativas de diagnóstico e tratamento. Queremos o paciente como protagonista do cuidado”, destaca.


Os responsáveis pelo cuidado (médicos e demais profissionais de saúde) são parte fundamental dessa relação e, como tal, também ganham com as medidas sugeridas pela iniciativa. Entre os benefícios estão a maior adesão do paciente ao tratamento, com maior probabilidade de obtenção de bons resultados, a fidelização do paciente ao profissional de saúde, a diminuição do risco de entendimento equivocado das prescrições e recomendações e maior satisfação do profissional de saúde com sua prática clínica.

FONTE: ANS

Fonte: ANS


Voltar

Agenda


Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sáb
Dom

Receba nossa Newsletter

Mantenha-se informado sobre as notícias mais interessantes do nosso meio, assim como as novidades e agendamentos de cursos e palestras da Province Saúde.


Outras Notícias

Nova norma da ANS relativa à junta médica ou odontológica

Em casos de divergências entre a operadora de plano de saúde e o profissional de saúde que assiste ao beneficiário quanto à indicação de realização de um determinado procedimento ou da utilização de tipos específicos de órteses, próteses ou outros materia
Saiba mais

Cartilha detalha cobrança do ressarcimento ao SUS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) elaborou uma cartilha quanto ao fluxo de trabalho desenvolvido pelo setor de recolhimento do ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS).
Saiba mais

Grupo de Trabalho estuda as alterações na RN277/2011 na ANS que trata da Acreditação de Operadoras

A ANS convocou várias entidades do setor de saúde suplementar para participar do Grupo de Trabalho GT para revisar a RN 277/2011 que trata da Acreditação de Operadoras
Saiba mais

UNIDAS está buscando Empresas para compor as equipes de Avaliação do Programa UNIPLUS

O UNIPLUS – Programa de Qualificação dos Prestadores de Serviços de Saúde foi criado com o objetivo de avaliar e monitorar a qualidade assistencial e o desempenho de hospitais e clínicas em todo o Brasil.
Saiba mais