Notícia

O que é o plano estruturado previsto na RN 440 da ANS?

Postado em 03/05/2021 Por Lúcia Helena da Silva Mendes

Conforme previsto na RN 440/2018 da ANS, o plano estruturado da Atenção Primária em Saúde - APS consiste no documento com todas as estratégias em APS para ordenar a rede assistencial.

Conforme previsto na RN 440/2018 da ANS, o plano estruturado da Atenção Primária em Saúde - APS consiste no documento com todas as estratégias em APS para ordenar a rede assistencial.
No processo de certificação de boas práticas em atenção primária, esse documento deve conter de modo coerente e integrado, os diversos esforços qualitativos que os profissionais e/ou instituições realizam de maneira a potencializar os benefícios para os usuários.
O plano estruturado deve conter minimamente os seguintes itens:

• objetivos,
• política,
• diretrizes,
• justificativa técnica para a escolha da população abordada
• público-alvo a ser assistido na APS, incluindo as estratégias de levantamento demográfico e perfil epidemiológico da população a ser assistida;
• definição dos protocolos e diretrizes assistenciais da APS
• equipe necessária com as respectivas atribuições, cargas horárias para atuar na APS;
• estratégias da operadora quanto a identificação e busca ativa dos beneficiários da APS,
• processos de acompanhamento, monitoramento e telemonitoramento dos beneficiários atendidos na APS;
• Descrição detalhada do primeiro acesso dos beneficiários vinculados a APS e seu fluxo de atendimento dentro da rede assistencial da operadora, incluindo sistema de atendimento da APS e referência e contra referência quando o atendimento ocorre em outros níveis de atenção, prazos de atendimentos eletivos e em caráter de urência e emergência;
• Forma de cadastro e manutenção cadastral dos beneficiários na APS;
• finalidades e resultados esperados das ações relacionadas à Atenção Primária à Saúde.

O plano estruturado pode apresentar ainda a infraestrutura, desde os consultórios para consultas individuais da equipe multiprofissional, espaço para atividades de grupo que suportam a novas tecnologias a serem incluídas, sala para primeiro atendimento aos eventos agudos e outros espaços fundamentais para a organização dos macroprocessos assistenciais.

Quanto aos processos, cabe a equipe da unidade de APS definir no plano estruturado, o conjunto das intervenções, distribuídas em macroprocessos que permitam implementar os seguintes processos: a elaboração e o monitoramento dos planos de cuidado; a gestão de riscos da atenção com foco na segurança das pessoas usuárias; a educação permanente dos profissionais de saúde; a educação em saúde; a gestão de caso; os grupos operativos; a educação entre outros.


FONTE: Brasil. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. A Atenção Primária e as Redes de Atenção à Saúde / Conselho Nacional de Secretários de Saúde. – Brasília: CONASS, 2015. 127 p.

Fonte: Brasil. Conselho Nacional de Secretários de Saúde. A Atenção Primária e as Redes de Atenção à Saúde / Conselho Nacional de Secretários de Saúde. – Brasília: CONASS, 2015. 127 p.


Voltar

Agenda


Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sáb
Dom

Receba nossa Newsletter

Mantenha-se informado sobre as notícias mais interessantes do nosso meio, assim como as novidades e agendamentos de cursos e palestras da Province Saúde.


Outras Notícias

Semana da Enfermagem

Importância do enfermeiro na APS de operadoras

Dia Mundial de Combate a Asma

04 05 2021 é o Dia Mundial de Combate a Asma
Saiba mais

INDICADORES DE QUALIDADE E SEGURANÇA DO PACIENTE X INDICADORES DO SEU NEGÓCIO

Indicadores são parâmetros pré-definidos para se obter o maior controle possível sobre o atendimento ou sobre o negócio.
Saiba mais