Notícia

Qualificação e dimensionamento da rede assistencial para garantia do acesso.

Postado em 04/09/2016 Por Lucia Helena da Silva Mendes

Programa de qualificação da ANS.
O Qualiss é o programa desenvolvido pela ANS que visa estimular a melhoria contínua do setor e contribui para a integração dos processos de avaliação e qualidade da Agência reguladora.

A maior meta do programa refere-se as informações relacionadas à assistência oferecidas aos beneficiários de planos de saúde podem fazer melhores escolhas baseadas em qualidade; as operadoras podem investir em redes assistenciais mais efetivas na solução de problemas de saúde; e os prestadores podem aperfeiçoar seus processos e desempenhos assistenciais.
Em julho, na primeira reunião do Comitê Técnico da Qualidade Setorial (COTAQ) - a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) formalizou a participação de dez entidades que atuarão como acreditadoras, gestoras ou colaboradoras do Programa de Qualificação dos Prestadores de Serviços de Saúde (Qualiss). Essas organizações vão auxiliar a ANS no estabelecimento de critérios de aferição e controle da qualidade da prestação de serviços na saúde suplementar.
A participação de estabelecimentos e profissionais de saúde no programa é voluntária e para fazer parte, cada prestador deve apresentar um conjunto específico de atributos conforme o tipo de estabelecimento do qual faz parte: hospitais, serviços auxiliares de diagnóstico e terapia e clínicas ambulatoriais, profissionais de saúde ou pessoas jurídicas que prestam serviços em consultórios isolados e prestadores de serviços de hospital-dia isolado. As qualificações obtidas são obrigatoriamente divulgadas à sociedade, de forma padronizada, pelas operadoras de planos de saúde.
Os atributos são instrumentos associados a melhorias da qualidade na atenção à saúde, como por exemplo: certificado emitido por acreditadoras de serviços de saúde ou pelo INMETRO; participação no Sistema de Notificação de Eventos Adversos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Notivisa/Anvisa); e Certificado de Qualidade obtido no Programa de Monitoramento PM-Qualiss; entre outros.
As entidades parceiras (acreditadoras, gestoras e colaboradoras) deverão enviar à Agência - periodicamente e quando solicitado - a relação dos prestadores de serviços de saúde que possuem os atributos de qualificação. A avaliação será feita de forma sistemática, individualmente por prestador e coletivamente. O resultado obtido em cada indicador poderá passar por auditoria e os prestadores que descumprirem os deveres estabelecidos na norma poderão ser suspensos ou excluídos do programa. Se o prestador perder o atributo de qualificação, deverá ser comunicado à ANS pelas entidades participantes em até 30 dias da ocorrência.
Além das dez entidades acima listadas, algumas organizações ainda estão em processo de análise e outras ainda poderão solicitar a participação no Programa como certificadoras, colaboradoras e gestoras.


Voltar

Agenda


Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sáb
Dom

Receba nossa Newsletter

Mantenha-se informado sobre as notícias mais interessantes do nosso meio, assim como as novidades e agendamentos de cursos e palestras da Province Saúde.


Outras Notícias

ANS altera normas para reajustes em contratos de prestadores de serviço

Nova RN Nº 436, 28 de novembro de 2018 revoga quatro instruções normativas e altera outras duas resoluções relativas aos reajustes de contrato de prestadores de serviços de saúde.
Saiba mais

Recesso de Fim de Ano

BOAS FESTAS!!!!

Agradecemos imensamente por mais um ano e desejamos a todos: Boas festas e um próspero ano novo!!
Saiba mais

Nova norma da ANS relativa à junta médica ou odontológica

Em casos de divergências entre a operadora de plano de saúde e o profissional de saúde que assiste ao beneficiário quanto à indicação de realização de um determinado procedimento ou da utilização de tipos específicos de órteses, próteses ou outros materia
Saiba mais