Contatos: 55.41 3363-0102

IDSS como critério de elegibilidade para as Operadoras interessadas no Programa de Acreditação de Operadoras conforme RN 507/2022 da ANS

IDSS como critério de elegibilidade para as Operadoras interessadas no Programa de Acreditação de Operadoras conforme RN 507/2022 da ANS
16 de janeiro de 2023 Lucia
GESTÃO DA SAÚDE PRIVADA

De acordo com a ANS, o Programa de Acreditação de Operadoras é uma certificação de boas práticas para gestão organizacional e gestão em saúde, em busca da qualificação dos serviços prestados pelas operadoras de planos de saúde, propiciando uma melhor experiência para o beneficiário.

Todas as operadoras podem participar do programa voluntariamente e a certificação é realizada por Entidades Acreditadoras, reconhecidas pelo Inmetro.

O programa existe desde 2011, por meio da RN nº 277, alterada posteriormente pela Resolução Normativa nº 507, de 30 de março de 2022.

As operadoras interessadas na acreditação, as operadoras deverão estar regulares nos programas de monitoramento econômico-financeiro, técnico-assistencial e de fiscalização da ANS, e ter nota no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar – IDSS igual ou maior a 0,6.

Partindo-se do critério de elegibilidade da Qualificação das Operadoras 2022 – Ano Base 2021, consequentemente no Índice de Desempenho da Saúde Suplementar – IDSS – 2022 – Ano Base 2021, observamos que somente 212 Operadoras estão elegíveis para participar do Programa de Acreditação de Operadoras conforme RN 507/2022, sendo apenas 41 operadoras de autogestão, 128 operadoras cooperativa médicas, 7 operadoras filantrópicas e apenas 36 operadoras da medicina de grupo. Confira os resultados no Gráfico 1.