Contatos: 55.41 3363-0102

Os resultados do IDSS 2022 (ano-base 2021) diferem conforme a modalidade da Operadora

Os resultados do IDSS 2022 (ano-base 2021) diferem conforme a modalidade da Operadora
16 de janeiro de 2023 Lucia
SAÚDE SUPLEMENTAR

De acordo com a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) o Índice de Desempenho das operadoras (IDSS) 2022, ano-base 2021, apresentaram 0,8128 de nota média, ponderada pelo número de beneficiários, sendo que 1,00 é a nota máxima e zero, a mínima.

Entretanto, as operadoras apresentam diferentes desempenhos quando consideradas as médias gerais, por modalidade de OPS.

Esse resultado é importante, considerando que TODAS as operadoras de saúde registradas na ANS, participam do Programa de Qualificação das Operadoras de forma obrigatória e seus resultados devem ser publicados no portal corporativo de cada Operadora para que os beneficiários tenham acesso ao desempenho de sua operadora, conforme a Resolução Normativa (RN) nº 505/2022.

Num estudo realizado com os dados do Índice de Desempenho das operadoras (IDSS) 2022, ano-base 2021, observamos que existem diferentes resultados no IDSS, dependendo da modalidade da Operadora, confira no Gráfico acima.

A média geral do IDSS, conforme o porte e modalidade das Operadoras, demonstram que:

  1.  as operadoras de autogestão de médio porte obtiveram as melhores notas com IDSS = 0,7739;
  2.  as cooperativas médicas de grande porte obtiveram as melhores notas com IDSS = 0,8684;
  3.  as filantropias de grande porte obtiveram as melhores notas com IDSS = 0,9274;
  4.  as seguradoras de grande porte obtiveram as melhores notas com IDSS = 0,8409.

Comparando a média geral das operadoras de acordo com a modalidade, observa-se que a modalidade com a maior média geral de IDSS é das cooperativas médicas com IDSS = 0,7983.

OBS: excluídos os dados das Operadoras de planos exclusivamente odontológicos

Fonte: ANS, Qualificação das Operadoras 2022 – Ano Base 2021, gerado em 08/12/2022